Deeper Than you Think - Kudza Klan

vertyu

É no fim que nos apercebemos da verdade, no momento de transição desta para a outra realidade, revivemos a nossa caminhada, lamentando todas as mentiras contadas, rezando para mais um segundo de vida, pois tememos ser uma memória esquecida, procuramos pelo perdão e o amor daqueles que nos rodeiam, inimigos, velhos amigos até mesmo dos que nos odeiam.

Em certo ponto adquirimos a sabedoria, que nos leva até aos subúrbios do Universo, a morte não tem preço, ela é a primeira fase de evolução é através dela que se da a reencarnação, passamos de corpo para corpo, somos reiniciados e colocados de volta para o jogo, não existe escapatória, não existe fim não existe História.

Até que possas abrir os olhos e conseguir ver, já serás um fantasma procurando uma forma de voltar a viver, ficarás preso num tempo onde o tempo não passa, lentamente vais te tornando num fóssil, e depois disso em Biomassa, iras fazer parte do petróleo e do carvão, que vai alimentar a próxima geração.

Facebook Comments

Categorias: Home

7 comentários

Letícia · 19 Janeiro, 2016 às 09:38

que massa o texto 🙂
e concordo plenamente com o “tememos ser esquecidos”. Hoje em dia, para muitos, o que importa é ser lembrado, comentado…

kudza · 20 Janeiro, 2016 às 01:50

Obrigado pela força 😉
De certa forma todos queremos, mas não podemos, apenas as nossas ações e conquistas poderão combater o inevitável !!esquecimento!! Só os sonhadores tenhem a capacidade de viver e reviver continuamente.

Hasta 🙂

vileite · 20 Janeiro, 2016 às 22:29

Uma descrição verdadeira do nosso ciclo reencarnatório !

kudza · 21 Janeiro, 2016 às 17:38

Pura verdade, mas sinto que ainda estou longe do meu melhor, de momento ainda estou a tocar na superfície, do que realmente posso vir a atingir, se me aplicar a escrever.
Obrigado pelo Comentário é volte sempre.

Hasta & Peace

Kudza

vileite · 21 Janeiro, 2016 às 17:51

Você chegará lá !
De nada !
Luz, Paz e Amor !

kudza · 22 Janeiro, 2016 às 18:24

Vai levar algum tempo, mas eu sei que vou chegar lá. 😉

Hasta & Peace

Kudza

vileite · 22 Janeiro, 2016 às 20:34

Sim , pois querer é poder ! Namastê !

%d bloggers like this: