Short Love

Imagem de David Walker
 David Walker

Toda a vez que o amor não é correspondido, procuras por algo que não faça sentido, mesmo que seja completamente indiferente, de forma a eliminar da tua mente, todos os resíduos de infelicidade que nunca se mostraram ser verdade, enches o coração de maldade e culpas a tua ingenuidade, procurando vingar a confiança depositada, num amor que te abandonou e fez-se a estrada, desistiu de ti e escolheu outra, pisou o teu coração e deixou-te louca.

Marginalizou os teus sentimentos, usou-te em busca daqueles únicos momentos.

Onde os corpos se fundem e as almas se unem, o calor e a motivação fazem a ligação da minha língua com a tua pele, suavemente vou deslizando sobre ela como uma abelha que vai trabalhando o mel, derretendo as tuas fraquezas enquanto desço a tua cintura, com a minha respiração vou deixando a tua pele mais madura e suave como a noite.

Silencioso como o vento caminho sem perder tempo, sobre as nuvens trazendo o mau tempo, enquanto saboreais a vida e lanças aquela expressão de vencida, mordendo os lábios, vais agradecendo aos meus dedos sábios, movimentando o corpo numa espécie de dança, onde tu e eu criamos uma aliança  fortificada pelo desejo de um único beijo.

Be phenomenal or Be forgotten.
Eric Thomas
Subscribe DON’T Criticize

Kudza

Comments

comments

3 Replies to “Short Love”